Bom dia... ^^

O tema de hoje foi sugerido por mim...rsrs...

Confesso que vivo pensando, planejando, sonhando com as coisas que farei e ensinarei pra Manu...Leio muito a respeito...converso com o esposo...Enfim...
Lógico, na teoria é tudo muito lindo, mais sabemos que a prática é que realmente nos ensinará...(e que será difícil)

Cresci cercada de jogos, desenhos, brincadeiras... Meus pais NUNCA foram carinhosos, lembro de abraços do papai somente em aniversário...mais por outro lado, sempre chegava com um filme novo, uma caixa de jogos...coisas que hoje sinto falta em meus sobrinhos...(ganhei meu 1º celular com 14 anos, e fiz a escolha de não ter festa de 15 anos e ganhar meu 1º computador)
Adoro até hoje desenhos...mais cheguei a conclusão (junto ao esposo) que Manuella só verá desenhos gravados por nós...aqueles antigos da Disney, como Rei Leão, Pequena Sereia...O ratinho detetive (era meu preferido)...
Shrek, por exemplo, definitivamente não é coisa de/para criança... eu gosto...ADORO...é sarcástico e muito bem elaborado...mais não pra uma criança...
Outra coisa fundamental para nós (esposo e eu) é incluirmos jogos no crescimento da Manu...e não aqueles do tipo(online)...queremos, nós três, brincar...Xadrez, damas, bugalha, pega vareta, dominó...jogos lúdicos...jogos educativos...jogos de rua...
Queremos andar de bicicleta com a princesa (já incluímos para meta de 2014, comprarmos as nossas)...andar de patins, patinete...passear com as cachorras(quero que ela respeite e goste de animais...suas irmãzinhas, vamos ensiná-la a tratar Lila e Britney como irmãs mesmo)...ACAMPAR...sempre fomos de acampar...e faremos isso com ela...interior nos proporciona VÁRIAS opções...e papai e mamãe adoram acampar...rsrsrs...

Sei que será difícil seguir isso...afinal, qual criança hoje em dia não tem um celular?, acesso a internet?, ou um tablet? OU TUDO ISSO... Sei que talvez ela não entenda quando a idade de escola chegar, e ela ser “A DIFERENTE”...mais, TENTAREMOS...

Sei que será para o bem dela...

Queremos educar nossa pequena, da forma que achamos certa (mesmo que os outros não achem)...

Quero tentar excluir de nosso vocabulário a palavra NÃO...Em vez de NÃO FAÇA ISSO MANUELLA, queremos usar opções, com: VAMOS FAZER ASSIM MANU...
Em vez de NÃO SUJE AI MANU, tentar usar o VAMOS BRINCAR AQUI MANU...

Menos NÃO!...

Muito diálogo...e participação...

Vejo meninas de 18 anos que nem suas calcinhas lavam...

ACHO ABSURDO, VER UMA MÃE FALAR QUE É ABSURDO O FILHO AJUDAR...

A Manu, desde pequena vai aprender a organizar suas coisas...arrumar seus brinquedos...
Quero que ela veja que a consequência de sua bagunça, será ficar na bagunça...e que isso não será legal...

Elogios farão parte de nossa rotina...Um elogio induz a criança a continuar o bom comportamento que foi elogiado (até eu AMO ser elogiada, pq uma criança não gostaria?!)

E acima de qualquer coisa, decidimos que a limpeza da casa pode ficar pra depois, que a parede suja, com tinta se ajeita mais que teremos apenas uma chance de fazer direito... E VAMOS TENTAR! *.*

COM MUITO AMOR...JUNTOS!

Na verdade temos mais opções de agregação do que de exclusão, na educação da Manu...

Queremos PARTICIPAR DE TUDO...Apoiar a leitura...os estudos...
Ensiná-la a respeitar e a amar ao próximo...aos animais...a ser consciente, a ser presente...a lutar por seus direitos...honestidade...Ah, e por ai vai...

De ruim, quero mantê-la afastada (o máximo que puder) da tecnologia...pelo menos no seu crescimento, essa será nossa meta... ^^

QUE A TINTA...O GUACHE, QUE O AMOR E O DIALOGO SEJAM BEM VINDOS EM NOSSA CASA...

Várias outras ideias passam por nossa cabeça, mais ficaria um dia todo escrevendo aqui...rsrsrs...

Tem um blog muito legal, com um texto que me ensinou MUITO...E quero deixar de recomendação pras amigas...

http://www.cientistaqueviroumae.com.br/2013/03/como-educar-sem-palmadas-9-pontos.html


5 Comentários

  1. Nossa adorei tudinho que você escreveu, e também penso assim quero q meu bebê tenha uma infância de verdade, esses dia fui na casa de uns amigos todas as crianças que tavam lá com tablet vc não escutava criança falando, criança correndo ou brincando, e também ajudar em tudo na casa é muito importante, se não acho que pai e mãe é empregado blza postagem
    bjãooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é exatamente isso..vejo meus sobrinhos...dois deles (NADA COMUNICATIVOS, VIVEM NO COMPUTADOR...)...não quero isso...

      Bjos!

      Excluir
  2. Dri que legal, tive uma infância parecida com a sua tbm, meus pais não eram muito carinhosos tbm rsrsrs e isso aprendi que preciso ser diferente com meu Arthur. E muitas coisas né?
    Beijos e que Deus nos dê muita sabedoria para fazermos o melhor sempre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é, eu tbm serei o máximo carinhosa com a Manu...sei que a falta que tive de carinho, me prejudicou um pouco e hoje sou uma pessoa muito carente...enfim, não quero que a Manu sinta falta disso...pelo contrário...quero que ela até enjoe de tanto amor...rs'...
      AMÉM...QUE DEUS NOS DÊ SABEDORIA! ♥

      Bjos!

      Excluir
  3. Oiie Flor estou te seguindo, adorei o seu blog..

    Quando puder me faça uma visitinha eu vou adorar

    http://cinthiathiago.blogspot.com.br/

    Beijoos

    ResponderExcluir